google_meu_site

10 dicas para se dar bem no Google

Otimizar um site para que ele apareça bem na foto, ou seja, para que ele apareça nas primeiras páginas do Google/Yahoo/MSN é um trabalho árduo. Troca de links e outras artimanhas manjadas não colam mais.

Nesta área não existe mágica, assim desconfie de empresas que pintam um mundo colorido, oferecendo a garantia de que o seu site vai brilhar no Google do dia para a noite.

Mas se você está disposto a arregaçar as mangas para ganhar uma boa posição no chamado page ranking, vamos então para as boas notícias.

Antes de começar

Em primeiro lugar, e antes de começar um projeto de web design, você precisa pensar no desenvolvimento do SEO (Search Engine Optimization ou Otimização de Mecanismos de Busca, tipo Google e Yahoo).

1 — Comece pelo conteúdo

Não esqueça: a palavra-chave para todo o desenvolvimento de SEO é “relevância”. Entenda-se relevância como todo o conteúdo produzido, seja texto ou imagem, e que representem alguma importância para a web. Palavras-chave devem aparecer logo no título.

2 — Olha o que diz o próprio Google:

“Apesar de este guia conter as palavras “mecanismo de pesquisa”, gostaríamos de salientar que você deveria basear suas decisões de otimização tendo em vista primeiramente e principalmente o que é melhor para os visitantes de seu site. Eles são os principais consumidores do seu conteúdo e estão usando os mecanismos de pesquisa para encontrar o seu trabalho.

Um enfoque demasiado estrito em ajustes específicos para obter melhor classificação nos resultados orgânicos dos mecanismos de pesquisa pode causar resultados indesejados. Otimizar para mecanismos de pesquisa significa dar relevância ao que seu site tem de melhor no quesito visibilidade nos mecanismos de pesquisa.”

3— Estrutura do site

Gaste um tempo montando a estrutura do site. Ele deve ter um fluxo lógico entre os links internos. Acesso fácil a todas os links gera uma boa quantidade de tráfego e isso ajuda a melhorar seu ranking.

4 — Crie um sitemap

Incluir um sitemap ajuda o seu site a ser encontrado mais facilmente. Existem ferramentas para isso, como o XML – Sitemap Generator. O arquivo gerado deve ser colocado na raiz do site (tipo public_html). Depois não se esqueça de indicar o sitemap ao Google, na página de Ferramentas para Webmasters. Segundo o pessoal do Google os sitemaps não são indispensáveis mas úteis em determinadas situações, como sites recém-lançados, por exemplo.

Veja este exemplo do sitemap do MestreSeo, o site mais completo da área de SEO no Brasil.

5 — Mantenha o conteúdo visível

Na hora de pensar na navegação tente fazer o uso de texto, em vez de imagens. Evite usar JavaSript.

6 — Uso de Flash

Tópico polêmico. Mas segundo o Google o uso de Flash na construção de um site dificulta o mecanismo de busca.

7 — Elimine os erros 404

Dedique atenção aos seus links internos e externos para ver se não apontam para páginas inexistentes. Monte uma estratégia para páginas antigas através do seu redirecionamento.

8 — Metatags nos posts

Quando estiver construindo um site com WordPress, Joomla ou outro CMS, saiba que o mais relevante para mecanismos de busca são os títulos e as metatags dos posts.

9 — Siga as regras XHTML e CSS

O Google pode até passar por cima dos erros XHTML e CSS, mas manter suas páginas com o mínimo de erros evita problemas como demora para baixar as páginas.

10 — Mantenha os códigos HTML válidos

Páginas truncadas dificultam os motores de pesquisa. Um site com SEO amigável é aquele que tem conteúdo exclusivo e original. Portanto tente evitar o uso de qualquer tipo de conteúdo duplicado em seu site.

Uma forma interessante de verificar como um website é visto pelo mecanismo de busca do Google é baixar o navegador Lynx, baseado em texto, ou acessá-lo indiretamente através do Lynk Viewer. O navegador é “tosco” mas é indicado pelo próprio Google.

Veja também:

Manual do Google – PDF

Tutorial Completo de SEF do Google – PDF

Saiba como o seu site aparece

///

Paz

J Paz Filho - Sou jornalista, trabalho na produção de conteúdo editorial e na criação, desenvolvimento e manutenção de websites - incluindo e-commerce. Tenho especialização em design gráfico na Unisinos e já fui editor de mais de uma dezena de jornais e revistas especializados. Faça um orçamento enviando uma mensagem no contato; ou por email.