officeapp_ipad

Acredite! Já dá para usar o Office no iPad

Demorou, mas parece que a Microsoft finalmente decidiu mudar a sua suíte Office. Ela está ficando mais simples e acessível.

A maior prova dessa transformação é o SkyDrive (http://skydrive.live.com), o serviço “na nuvem” da Microsoft, semelhante ao iCloud da Apple, que oferece 7GB de armazenamento gratuito nos servidores da empresa.

Mas a grande novidade do SkyDrive é, sem dúvida, a inclusão de aplicativos Office: o Word para a edição de textos; o Excel para planilhas; Power Point para apresentações; OneNote para anotações. Este serviço foi batizado como Web Office App.

Para ter acesso aos aplicativos basta ter uma conta no Windows Live, o mesmo usado para entrar no Messenger ou Hotmail.

Microsoft se aproxima da Apple

Durante muito tempo a Microsoft não precisou se preocupar com a Apple. Até 2007, quando foi lançado o iPhone. E com o sucesso do iPad muitas coisas tiveram que mudar na empresa de Bill Gates.

Começou pelo Windows 8, que deverá chegar no final de 2012, o sistema operacional direcionado para dispositivos móveis. E agora com o lançamento de suíte Office “na nuvem”, que finalmente pode ser usada por donos de iPhones, iPods e – principlamente – iPads.

Office “online”

O melhor de tudo é não ter que se preocupar em baixar o antigo pacotão Office, nem ficar preso a um PC com Windows. Todos os programas desta suíte podem agora ser acessados através de um navegador (como o Firefox) a partir de praticamente qualquer dispositivo, com qualquer sistema operacional.

Isso significa que você pode criar um documento Word no seu PC, salvá-lo através da Web App e depois abri-lo no seu iPad. Ou em um aparelho com Android, Linux, etc.

Só não espere ter os mesmos recursos do pacote original. Na verdade este “Office online” é bem mais simplificado. Para mim, isso é uma vantagem. No Word, por exemplo, você pode formatar texto e parágrafo, ou ter à disposição o – ótimo – recurso de revisão de ortografia.

E se você tem o pacotão Office, e precisar fazer um documento com mais recursos, é possível abri-lo no Word (Excel, etc) original. Mas tenho certeza que isso não será necessário para a grande maioria dos usuários.

Além disso, como o Web Office App faz parte de um serviço “na nuvem” (o SkyDrive) é possível fazer um trabalho em grupo e o compartilhamento de qualquer documento criado.

Ainda tem muitos bugs

Com o Web App a Microsoft pretende entrar em um terreno dominado pelo Google Docs. E para convencer os usuários a preferirem os seus serviços, a empresa promete ampliar os recursos que permitem manter a formatação original de qualquer documento. Hoje, esse é um dos maiores problemas para quem importa arquivos do Office em dispositivos da Apple ou que usam Android.

Mesmo com todas esses recursos o Microsoft Web App não está livre de bugs (defeitos). Ao testá-lo tive que ficar atento em salvar meu documento no Word. Em outros programas e aplicativos de edição de texto que uso isso é feito automaticamente.

Além disso, o aplicativo (Word) teimou em colocar espaços extras entre as palavras. Imagine a trabalheira para se eliminar estes “brancos” em um texto longo!

Valeu o esforço da Microsoft em investir em aplicativos para tablets e smartphones. Mas falta muito para chegar perto de serviços como o Google Docs.

///

Paz

J Paz Filho - Sou jornalista, trabalho na produção de conteúdo editorial e na criação, desenvolvimento e manutenção de websites - incluindo e-commerce. Tenho especialização em design gráfico na Unisinos e já fui editor de mais de uma dezena de jornais e revistas especializados. Faça um orçamento enviando uma mensagem no contato; ou por email.

  • Júnior

    Rapaz, prefiro usar o Google Drive. Tudo o que faço fica na nuvem praticamente sem bugs e sem instalar aplicativos no meu tablet.

  • Juliano

    Eu baixei o Documents To Go. Preço é salgado mas pelo menos não tem tantos bugs.

  • Juliano

    Eu baixei o Documents To Go. Preço é salgado mas pelo menos não tem tantos bugs.