Pesquisas não são para mostrar uma realidade, mas uma tendência. Como esta, feita pela Abilene Christian University, dos Estados Unidos.

Foram três anos acompanhando seus alunos e comparando o desempenho daqueles que usavam um tablet com outros que apenas usavam as ferramentas tradicionais de estudo.

Conclusão: estudantes que utilizavam os tablets tiveram notas 25% maiores nas matérias relativas à transferência de informação.

Isso também foi alcançado em função do modelo de estudo apresentado, que incentiva a participação e a interação.

Segundo os pesquisadores, o tablet promove “momentos de aprendizagem” e ajuda os alunos a ter um uso mais eficiente de seu tempo. Estudantes de graduação trabalhando em um programa on-line relataram um índice de satisfação de 95% para cursos

Evidentemente que o uso do tablet não pode ser considerado uma ferramenta universal para todos os campos da educação. Mas, como disse, pode ser uma tendência no ensino daqui para frente.

E, como uma ferramenta, ainda depende do principal: do conteúdo e de novos métodos de ensino.

O que você acha sobre esta pesquisa e o uso da tecnologia no ensino?

Participe. Envie seu comentário.

[youtube height=”335″ width=”530″]http://www.youtube.com/watch?v=OYgPyjiEr90[/youtube]

 

J Paz Filho

J Paz Filho

Sou jornalista, trabalho na produção de conteúdo editorial e na criação, desenvolvimento e manutenção de websites - incluindo e-commerce.///Especialização em design na Unisinos e já fui editor de mais de uma dezena de jornais e revistas especializados.///Faça um orçamento enviando uma mensagem no contato; ou por email.
J Paz Filho