ipad5_nova_tela2

Apple pode estar preparando uma super tela para o iPad 5

Parece que não há mais nenhuma dúvida: o iPad 5 terá a cara do iPad mini.

Para isso, a Apple tenta reduzir ao máximo o peso e a espessura do novo tablet.

De acordo com Paul Semenza, consultor da NPD Display Search, companhia norte-americana de assessoria para a área de tecnologia, todo o esforço está concentrado no aprimoramento da nova tela de LED, especialmente na redução do tamanho dos diodos, responsáveis pela iluminação.

Resolução ao quadrado

O maior mistério ainda permanece. A Apple vai ou não usar a tecnologia IGZO, desenvolvida pela Sharp?

A IGZO é um novo tipo de LCD, que torna qualquer tela muito mais leve e possibilita uma resolução muito maior.

Por serem compostas por transistores menores, as telas com esta tecnologia da Sharp permitem o agrupamento de mais pixels por polegada.

O que tudo isso significa? Uma resolução que pode chegar aos 2560 x 1600 pixels, com uma densidade de 498 pixels por polegada!

Para comparar, o iPad 4, com retina display, tem 2048 x 1536 pixels, e “apenas” 264 ppp.

E a melhora não fica restrita à resolução; o toque na tela fica mais preciso e sensível.

Aquos Phone, primeiro a usar
Aquos Phone, da DoCoMO, primeiro a usar a tecnologia IGZO

Consumo pela metade

Fora isso, estes transistores não precisam de uma atualização constante quando existe uma imagem estática na tela.

Mal comparando, esta nova tecnologia é semelhante ao sistema start/stop, usada na indústria automobilística: quando o veículo para, o motor é desligado automaticamente.

O que representa um consumo de energia muito menor.

Segundo a Sharp, esta economia pode chegar, em alguns casos, a cerca de 50%.

Distância da concorrência

Esta tecnologia não é nova. Foi criada na década de 1990, pela Tokyo Institute of Technology, tendo à frente o professor Hideo Hosono.

Se a Apple realmente adotar esta nova tela, seria um avanço enorme em relação aos seus concorrentes.

O problema que eu vejo está no custo e, talvez, na comprovação de que está tecnologia vá realmente funcionar em dispositivos maiores.

No Japão ela já é utilizada em smartphones como o Aquos Phone, da japonesa DoCoMo.

Se bem que para a Apple a nova tela da Sharp não representa nenhuma novidade. Desde o iPad 3 a empresa já pensa em colocar esta novidade no mercado.

///

Paz

J Paz Filho - Sou jornalista, trabalho na produção de conteúdo editorial e na criação, desenvolvimento e manutenção de websites - incluindo e-commerce. Tenho especialização em design gráfico na Unisinos e já fui editor de mais de uma dezena de jornais e revistas especializados. Faça um orçamento enviando uma mensagem no contato; ou por email.