apple_tv

Apple quer lançar console para vencer PlayStation e Xbox

Apple TV 2: poucas vendas (arte: Blog do Paz)

Há dez anos a briga no mercado de computadores estava restrita aos fabricantes de PCs (incluindo os iMacs) e laptops.

Hoje, o conceito é outro: as grandes empresas talvez ganhem mais dinheiro vendendo conteúdo nas suas lojas “virtuais”.

De olho neste segmento, a Apple pretende investir pesado em uma área que tem rendido muito lucro: a dos games, dominado por empresas como a Microsoft (Xbox) e Sony (PlayStation).

A ideia da Apple é lançar uma TV,  juntamente com um console, e oferecendo conteúdo próprio.

As tvs atualmente representam não apenas mais um dispositivo dentro de casa. O que os fabricantes mais cobiçam é na verdade o lugar nobre onde elas reinam absolutas:a sala de estar.

Loja com jogos

Mas não vai ser fácil convencer os consumidores a trocar suas telonas lcd por outro aparelho, a menos que a Apple consiga ser bem convincente no que tem a oferecer.

Alguns especialistas afirmam que apenas a App Store não será o suficiente. E é aí onde entra o console, que nada mais seria do que uma ponte para a venda de jogos.

A Apple está de olho em um mercado dominado pela Microsoft, que cobra 60 dólares anuais pelo seu Xbox Live.

O maior desafio será oferecer uma quantidade razoável de jogos. A aposta é lançar um dispositivo high-end, superior aos concorrentes. E esperar que Microsoft, Sony e Nintendo (Wii)
não lancem novas versões dos seus consoles.

Desta vez, vai ser dureza para a Apple. Acostumada numa liderança folgada com seus iPods, iPhones e iPads agora vai ter que brigar em um mercado que já tem donos.

Para vencer, a empresa pretende criar um produto surpreendente, baseado na sua experiência exitosa com dispositivos móveis.

Não é uma nova Apple TV

A Apple TV é um produto praticamente desconhecido, perdido dentro do portfolio da empresa. É um “box” levíssimo e do tamanho de dois iPhones colocados lado a lado.

Já na sua segunda versão (lançada em 2010), o produto não vendeu o esperado, mas isso não foi motivo suficiente para a Apple tirá-lo do mercado.

O maior problema é que a Apple TV não cumpre o que promete: assistir tv pela internet. O que ela faz é basicamente transmitir a mídia do iTunes do MAC ou PC para ser reproduzida na tv, via wi-fi, usando um sistema chamado AirPlay; ou rodar filmes comprados ou alugados diretamente da iTunes Store.

Para não passar em branco, fica uma dica: um dos melhores coisas da Apple TV é o seu recurso de espelhamento. Veja como isso funciona no vídeo abaixo, produzido pelo pesooal do site abertoatedemadrugada:

No dia 17 fevereiro – apenas três dias após a redação deste artigo – o site Apple Inside informou que a Best Buy tinha retirado a Apple TV de seu catálogo de produtos.

///

Paz

J Paz Filho - Sou jornalista, trabalho na produção de conteúdo editorial e na criação, desenvolvimento e manutenção de websites - incluindo e-commerce. Tenho especialização em design gráfico na Unisinos e já fui editor de mais de uma dezena de jornais e revistas especializados. Faça um orçamento enviando uma mensagem no contato; ou por email.