cores

Como usar as cores em um website

Ao se criar um site, a escolha das cores é uma das tarefas mais difíceis que surgem, apesar da aparente facilidade. Escolher a paleta cromática é importante para se comunicar a mensagem, reforçar a idéia de unidade e criar consciência de marca.

Como escolher as cores?

Os psicólogos têm estudado por muitos anos os efeitos da cor sobre o cérebro / emoções. Não parece haver quaisquer verdades absolutas aqui. A percepção das pessoas de cor é amplamente subjetivo. Vermelho nem sempre significa perigo, e o azul nem sempre significa calma.

Uma pessosa pode querer pintar sua casa toda de branco, enquanto outra se sentiria como se estivesse em um hospital.

1. Por onde começar?

Bem, o problema não é tanto sobre a escolha de uma cor, mas a escolha de um monte delas, e fazê-las encaixar confortavelmente uma ao lado da outra. A psicologia da cor é menos sobre o uso de uma cor, mas sim o entendimento de como as pessoas reagem emocionalmente a várias cores.

2. Criar um contraste entre o fundo/texto

A melhor combinação para a legibilidade é um texto preto sobre um fundo branco, mas — é claro — também existem outras excelentes combinações.

Lembre-se: pelo menos uma em cada 10 pessoas tem problemas de visão.

3. Quantas cores?

Harmonia cromática é um dos critérios mais importantes para se criar uma experiência agradável para os visitantes. É altamente recomendável empregar um número moderado de cores, quatro ou cinco no máximo. Mais do que isso, não só irá gerar incoerência: vai trazer uma fadiga visual para o visitante, fazendo com que ele pule partes importantes do site.

4. Use as cores de acordo com a sua audiência

Tenha em mente que as respostas para as cores variam de acordo com fatores como sexo, idade ou formação cultural. Você pode ter mais certeza se esta utilizando as cores certas fazendo uma pequena pesquisa com pessoas que pertençam ao perfil do website.

Pessoas de diferentes idades podem ter diferentes reações às cores. A maioria das pessoas com mais idade provavelmente vão preferir sites com cores mais sóbrias (e, portanto, mais relaxantes para os olhos). A maioria dos jovens, por outro lado, talvez gostem de cores mais vivas e brilhantes. Faça uma distinção entre o público adulto e jovem, usando as cores apropriadas para cada categoria.

5. Homens x Mulheres

Liberte-se de preconceitos: se você está se dirigindo seu conteúdo visual para as mulheres, não empregue automaticamente o cor-de-rosa. Algumas mulheres podem gostar de rosa, outras não. Eu encontrei recentemente uma pesquisa interessante, que revelou que o azul é a cor preferida de 57% dos homens e de 35% das mulheres.

6. Mesma cor, significados diferentes

Se o seu website tiver uma audiência em mais de um país, investir algum tempo em pesquisar os significados específicos de cores em outras nações pode ser uma boa idéia.

Por exemplo, enquanto o branco é um símbolo de pureza nas culturas ocidentais, ele representa a má sorte e infelicidade na China, Japão e Índia. Embora muito apreciada no Japão, o rosa é desaprovado na Índia e países do leste europeu, onde é considerado como uma cor “não-viril”.

Roxo está associado, em algumas culturas árabes, com a prostituição (o mesmo que vermelho nas culturas européia e norte-americana), e globalmente é geralmente associado a misticismo e crenças que não estão em consonância com os preceitos do islamismo, judaísmo e cristianismo.

Verde pode significar dinheiro e poder, mas pode não ter nenhum significado em outros países.

Mas, como disse no início, não há verdades absolutas quanto ao uso de cores.

Onde uma cor se encaixa? O verde é para o meio ambiente. Rosa está ligado à maternidade. O azul é para sites corporativos. Talvez essas observações não signifiquem uma realidade, mas apenas generalizações. É claro, um site sobre ecologia tendo o rosa como cor predominante vai parecer meio estranho em qualquer lugar, para qualquer faixa etária.

As cores e seus significados mais comuns:

Um conselho: não siga estas definições à risca. São apenas um parâmetro.

  • Vermelho: energia, entusiasmo, paixão, energia. Pode significar também agressão, perigo.
  • Azul: frieza, espiritualidade, liberdade, paciência, paz, lealdade, fidelidade. Ou tristeza, depressão.
  • Amarelo: luz, otimismo, alegria, brilho, alegria.
  • Verde: vida, naturalidade, serenidade, saúde, riqueza, prosperidade. Em certos contextos, pode significar a deterioração.
  • Laranja: simpatia, cordialidade, acessibilidade, energia, jovialidade, coragem.
  • Violeta:, sofisticação, sabedoria, celebração.
  • Branco: pureza, limpeza, juventude, frescor, paz.
  • Preto: poder, elegância segredo, mistério.
  • Cinza: maturidade de segurança, confiabilidade.
  • Rosa: romance.
  • Marrom: conforto, estabilidade, força, credibilidade.
    [space height=”20″]

///

Paz

J Paz Filho - Sou jornalista, trabalho na produção de conteúdo editorial e na criação, desenvolvimento e manutenção de websites - incluindo e-commerce. Tenho especialização em design gráfico na Unisinos e já fui editor de mais de uma dezena de jornais e revistas especializados. Faça um orçamento enviando uma mensagem no contato; ou por email.