ipad5_abre

Confira as últimas novidades sobre o iPad 5

O que deve mudar:

1- Mais fino, mais leve

O iPad 5 chegará mais fino e mais leve. Por que? É fácil explicar:

O tablet da Apple, com os seus 653g, está com um visível sobrepeso. Mesmo para um tablet de 9.7 polegadas, o iPad atual é muito pesadão. Só para comparar: o Samsung Galaxy Tab 2 – 10.1 pesa 585 gramas, ou seja, 68 gramas a menos do que o iPad 4.

Se a Apple fez um enorme esforço para reduzir as gorduras do mini (que pesa apenas 300g), é óbvio que vai repassar toda esta tecnologia para o novo iPad.

O mini usa a GF Ditto technology, também conhecida como GF2, que usa materiais como o alumínio, mais leves.

2 – Novo Gorilla Glass

A tela retina display com resolução de 2048×1536 não deve mudar. E por que deveria?

Mesmo assim, especula-se que a proteção Gorilla Glass, de vidro temperado (mais resistente a impactos), vai receber um upgrade.

Poderia ser o Corning Gorilla Glass 3, que, segundo o fabricante, oferece maior durabilidade para suportar riscos profundos e rachaduras no vidro.

ipad5_gorilla_glass

3 – Novo design

Sem dúvida, um dos principais motivos do sucesso do iPad sempre foi o seu design.

Mas isso é passado. Para o iPad 5 o pessoal da Apple estaria preparando um dispositivo com um desenho semelhante ao do mini, com menos área ao redor da tela.

Com isso, o aparelho fica mais enxuto. O que, no final, pode representar um outro problema: com bordas menores, elimina-se uma superfície extra, que serve para segurar o aparelho sem que seja preciso apoiar os dedos diretamente na tela.

4 – Bateria wireless na capa

Em 2011 a Apple fez a patente de uma capa protetora (smart cover) com uma bobina de indução capaz de armazenar energia via wireless.

Na prática, isso significa que você vai poder carregar o seu iPad apenas fechando a sua capa.

Mas onde entraria o wireless? A energia seria transmitida, sem fio, do aparelho para a capa, que, por sua vez, teria baterias ultra finas para o seu armazenamento.

ipad5_battery_cover

5 – Processador A7?

A principal mudança do iPad 3 para o iPad 4 foi a inclusão do processador A6X.

A aposta natural para o iPad 5 seria um novo processador A7.

Eu acho que isso não vai acontecer.

O lançamento

Muitos apostaram em março ou abril. Depois, junho.

Talvez junho seja realmente o mês do lançamento. Já teve até quem apostasse no dia 29, exatos seis anos após a chegada do iPhone, o primeiro grande sucesso de vendas da Apple.

O problema, bem real, e que impede a Apple de estabelecer uma data mais exata, é a escassez de algumas peças que deverão fazer parte do novo iPad.

A japonesa Nishha, por exemplo, principal fornecedora de sensores de toque para o iPad mini, o mesmo que será usado no iPad 5, não tem dado conta da produção.

Outro indicativo de que o iPad 5 não deve mesmo ser lançado antes de junho é a decisão da Apple em abandonar a Samsung, sua antiga rival e parceira no fornecimento de peças.

Atualização / 18 de agosto – A nova aposta agora é o mês de outubro. Tem lógica, já que a Apple estaria preparando um evento em setembro, na qual faria a apresentação do novo iPhone 5S.

///

Paz

J Paz Filho - Sou jornalista, trabalho na produção de conteúdo editorial e na criação, desenvolvimento e manutenção de websites - incluindo e-commerce. Tenho especialização em design gráfico na Unisinos e já fui editor de mais de uma dezena de jornais e revistas especializados. Faça um orçamento enviando uma mensagem no contato; ou por email.