google_nexus7_2

Google lança a segunda geração do Nexus 7

O Google começou a vender a partir de hoje, nos EUA, o Nexus 7, a segunda geração do tablet feito em parceria com a taiwanesa Asus. 

Novidades: um novo processador, uma nova tela com maior resolução e o sistema Android 4.3, por enquanto uma exclusividade deste dispositivo.

O tablet também ganha um novo processador gráfico Adreno 320 GPU, o mesmo usado no Samsung Galaxy S4.

O Google também decidiu adicionar uma câmera traseira, com 5MP, que não existia no modelo anterior.

Ah, ele também é mais leve e mais fino do que o seu irmão mais velho.

Veja aqui a tabela completa da configuração do Nexus 7-2 e o comparativo com o Nexus 7 de primeira geração.

Preço também recebeu upgrade

De ruim, o aumento do preço.

O Nexus 7 wi-fi, com 16GB, passa dos 199 dólares atuais para 229,99 dólares.

O modelo com 32GB sai por 269,99 dólares (contra 249 dólares da geração anterior).

O Nexus 7 começa a ser vendido a partir do dia 30 de julho, por enquanto só nos EUA.

Até lá, o Google está aceitando apenas uma reserva na compra do aparelho.

Obs: a loja norte-americana Best Buy já começou a vender os dois modelos a partir de hoje (26 de julho) pelos preços citados acima.

Bom de vendas

O Nexus 7 foi lançado mundialmente em junho de 2012, tendo como principal argumento de venda o seu custo/benefício: por 199 dólares, o modelo wi-fi com 16GB chegou com uma tela de 1280 x 800 e um processador NVidia Quad-core de 1.3GHz.

Era para ser um concorrente de outros tablets “baratos”, como o Kindle Fire, da Amazon.

Mas o sucesso nas vendas fez o pessoal do Google pensar em voos mais altos. E tentar morder uma fatia da Apple e dos iPads.

Talvez seja exatamente por isso que a empresa não esteja dando tanta importância ao aumento de preço dos novos modelos.

O dispositivo, que faz parte da linha Nexus –  que inclui ainda o smartphone Nexus 4 e o tabletão Nexus 10 –  já vendeu perto de 4,6 milhões de unidades em 2012 (contra cerca de 10 milhões de iPads mini).

Não é coisa pouca. Esse número representa 10 por cento do total de tablets Android comercializados em 2012.

google_nexus7_walmart
Nexus 7 de primeira geração no site da Walmart brasileira: “esgotado”

No Brasil, uma grande confusão

Encontrar um Nexus 7 nas lojas brasileiras é como brincar de esconde-esconde.

O primeiro “lançamento” aconteceu no dia 24 de janeiro de 2013, na loja online do Magazine Luiza. Mas simplesmente desapareceu dois dias depois.

No final de janeiro ele reapareceu no mesmo site, e em outros, como o do FNAC. Voltou a sumir na primeira semana de fevereiro.

Finalmente, o Nexus 7 (o modelo de 16GB)  começou a ser vendido com exclusividade pela Walmart brasileira,  por 999 reais, desde o dia 25 de abril na Walmart (nos Estados Unidos dá para encontrá-lo por uns 179 reais).

Acontece que se você for na loja online da Walmart brasileira hoje (26 de julho) vai dar de cara com um “Ooops! Produto esgotado”.

Alguns executivos da Asus – a fabricante do tablet – estariam descontentes sobre a forma como o Nexus 7 foi lançado no Brasil pelo Google e teriam direcionado os esforços de venda para o tablet da casa, o Asus Memopad, que pode ser encontrado por menos de 400 reais nas lojas de varejo online brasileiras.

///

Paz

J Paz Filho - Sou jornalista, trabalho na produção de conteúdo editorial e na criação, desenvolvimento e manutenção de websites - incluindo e-commerce. Tenho especialização em design gráfico na Unisinos e já fui editor de mais de uma dezena de jornais e revistas especializados. Faça um orçamento enviando uma mensagem no contato; ou por email.