Se os grandes fabricantes ouvissem melhor os consumidores saberiam que existe uma quantidade enorme de pessoas procurando por tablets bons e baratos.

Quem acompanha o Blog do Paz a mais tempo já deve ter lido o que escrevi por aqui: as estratégias da Samsung e da Motorola em bater de frente com o iPad nunca deram resultados.

Pois agora estas duas empresas mudaram de tática e partiram para o ataque. A Samsung saiu na frente e anunciou o Galaxy Tab 2, de 7 polegadas, por 250 dólares.

O Google tem comido poeira, mas agora manda avisar que tem um projeto para um tablet barato.

Larry Page, CEO da empresa, diz que o Google deveria olhar para o sucesso do Kindle Fire, da Amazon (que já vendeu 3 milhões de unidades).

De olho no Kindle Fire

Sendo assim, o tablet do Google deverá ter 7 polegadas e seu preço não deverá ultrapassar os 200 dólares. E, com certeza, virá com o Android 4.0.

O armazenamento não deve passar dos 8GB. Câmeras frontal e webcam seriam eliminadas.

Suspeita-se que a empresa possa seguir a fórmula da Amazon. Vender um tablet pelo preço de custo e ganhar dinheiro na sua loja de aplicativos, vídeos e música, o Google Play.

O tablet estranhamente não será fabricado pela Motorola, mas sim pela Asus e especula-se que ele venha com um processador Nvidia Tegra 3 quad-core.

De olho no Mini iPad

Informações de que a Apple estaria preparando um mini iPad estão sendo anunciadas há pelo menos um ano. Segundo alguns sites especializados, esta seria a razão principal de o Google estar lançando o seu mini.

Ou seja, a empresa afirma que seu rival é o Kindle Fire mas estaria preparando um embate com a Apple.

Segundo algumas fontes o Google poderia estar adiando o lançamento do seu novo tablet para dar tempo de incluir uma nova versão do Android, que recebeu o codinome de Jelly Bean.

O novo tablet do Google deverá estar à venda em julho.