kobo_arc_vs_kindle_hd

Kobo Arc x Kindle Fire HD: pelo mesmo preço tablet canadense entrega mais recursos

Amazon e Kobo são duas “velhas” inimigas. Ambas começaram no comércio de e-readers. Leia-se: tablets monocromáticos para a leitura de livros.

Desde novembro de 2011, a Amazon tem um tablet com tela policromática, o Kindle Fire — que recebeu uma atualização em setembro de 2012. Junto, veio o Kindle Fire HD, com mais recursos.

Agora é a vez da Kobo lançar o Arc, um tablet que se junta à turma que também é ocupada pelo Google Nexus 7Nook Tablet, da Barnes&Noble e – é claro – pelo novo iPad Mini.

Considerando os modelos com 16GB de armazenamento, Kobo Arc  e Kindle HD tem o mesmo preço: 199 dólares.

Mas ao se conferir os recursos do Kobo Arc, percebe-se que este canadense oferece mais.

Vantagem do Kobo: Android 4.0 é nativo

Kobo Arc: processador mais veloz

O processador de ambos é um dual core, mas enquanto clock do Kindle Fire HD  tem 1.2GHz, o do Kobo Arc tem 1.5GHz.

As telas tem características semelhantes: IPS (de 7 polegadas) com resolução de 1280×800 pixels.

Difícil apontar qual tem a melhor tela. Talvez a calibragem do Kobo Arc seja a mais adequada para a leitura de livros.  enquanto a do Kindle Fire HD seja um pouco melhor para a navegação na web.

Outro ponto interessante nestes dois tablets é o maior alcance das antenas wi-fi, que atingem um espectro entre 2,4GHz a 5GHz, normalmente usada no ambiente corporativo.

Livrarias virtuais

Tanto a Kobo como a Amazon possuem livrarias on line. Isso inclui livros, jornais e revistas.

A canadense tem um catálogo de 2,5 milhões de títulos; a norte-americana não informa, mas deve ter um número pelo menos três vezes maior.

Para o acesso às suas livrarias, cada empresa tem uma estratégia diferente.

O aplicativo da Kobo é aberto. Ou seja, você pode baixar arquivos de outras livrarias virtuais.

Fora isso, o app do Kobo é mais simples,  intuitivo e cheio de recursos, com marcadores, espaço para notas, compartilhamento, etc.

Aplicativo da Kobo: além de melhor é aberto

Parcerias com livrarias nacionais

Se a comercialização de e-books ainda não decolou no Brasil, a causa está na falta de títulos na língua portuguesa.

A Amazon está para fechar uma negociação com a Saraiva, que pode ir desde a incorporação do seu acervo digital, até a compra da empresa brasileira.

Para não ficar de fora do mercado, a Livraria Cultura está se unindo à Kobo.

Calcula-se que os títulos na língua portuguesa – da Saraiva e da Cultura – não passem dos 30 mil.

Kindle Fire HD: sistema “travado”

Para mim, a grande diferença a favor do Kobo Arc está no seu sistema operacional.

O Kobo Arc roda o Android 4.0 (Ice Cream Sandwich) “aberto” e o fabricante afirma que vai oferecer a atualização para a versão 4.1 (Jelly Bean).

Já o Kindle HD vem com um Android 4.0 personalizado, que obriga o usuário a ficar “preso” à loja da Amazon. Sem contar a irritante tela de bloqueio, recheada de anúncios.

A Amazon afirma que precisa dos anúncios para subsidiar a venda dos seus tablets. Mas o preço do Kobo Arc é o mesmo (199 dólares) e, ainda assim, não tem nenhuma publicidade.

No final, fico com a vitória do Kobo Arc. Pelo processador mais rápido, pelo sistema operacional atualizado e aberto e por liberar o acesso direto à Google Play.

Isso não quer dizer que o Kobo Arc é um tablet completo. Falta, por exemplo, uma saída HDMI, um item presente no dispositivo da Amazon.

Contra os dois modelos, a falta de um slot para cartão microSD, o que impede que você possa adicionar maior capacidade de armazenamento (externo).

Kobo Arc
Amazon Kindle Fire HD
TELA
Tipo LED IPS LCD / capacitiva / multitoque IPS TFT  / capacitiva / multitoque
Tamanho 7 polegadas 7 polegadas
Resolução 1280 x 800 1280 x 800
Densidade de pixels 215 ppi (pixels por polegada) 216 ppi (pixels por polegada)
DIMENSÕES
Altura 189 mm 193 mm
Largura 120 mm 137 mm
Espessura 11,5 mm 10,3 mm
Peso 364 gramas 395 gramas
HARDWARE
Processador Dual-core 1.5 GHz Texas OMAP 4470 Dual-core 1.2 GHz Cortex-A9
RAM 1GB
Memória interna 16GB / 32GB / 64GB 16GB / 32GB
Memória externa
SENSORES
Acelerômetro
Sensor luz ambiente
Giroscópio
eCompass
BATERIA
Duração da bateria (informação do fabricante) 10 horas 11 horas
CONEXÕES
Wi-Fi 802.11b/g/n 802.11b/g/n dual-band
Bluetooth
PORTAS
Micro HDMI
Conexão 3G
Conexão 4G
Cartão microSD
Micro USB
CÂMERA
Câmera frontal(webcam) 720 p / 1.2MP 1,3 MP (1280 x 1024 pixels)
Câmera traseira
OUTROS
Sistema Android 4.0 (Ice Cream Sandwich) Amazon Android (Android 4 personalizado)
Aplicativos Google Play Amazon Store
Cores Preto Preto
Preço (modelos com 16GB) 199 dólares 199 dólares

///

Paz

J Paz Filho - Sou jornalista, trabalho na produção de conteúdo editorial e na criação, desenvolvimento e manutenção de websites - incluindo e-commerce. Tenho especialização em design gráfico na Unisinos e já fui editor de mais de uma dezena de jornais e revistas especializados. Faça um orçamento enviando uma mensagem no contato; ou por email.

  • Alb

    Me apaixonei pelo Kobo Arc! É uma pena que ainda não é vendido no Brasil. Alguém sabe alguma previsão? Com os lançamentos do Kobo Touch, Mini, Glo e Aura fiquei super esperançosa. Mas enquanto o Arc não chega vou curtindo o Glo a iluminação da tela é fantástica!

    • Paz

      Alb, quem distribui os Kobo no Brasil é a Cultura. Como o interesse da livraria é vender os seus e-books também, é provável que ela tenha priorizado a comercialização dos e-readers.
      Se a Cultura e a Kobo decidirem vender o Kobo Arc, a lógica seria fazer isso nos próximos meses, já que a concorrência entre os fabricantes de tablets não para de aumentar.

  • Nan

    Eu tinha respondido mas acho que não postei. Sorry.

    Seguinte, aqui é bem engraçado porque eReaders são bem populares entre todas as idades, tu entra no subway e no mínimo uma pessoa por vagão está utilizando uma tablet ou eReader.

    Ipad é aquela coisa, tem nome, é sinônimo de status e está na moda, porém esse ultimo lançamento, o Ipad mini, não foi lá essas coisas não. Pelo o que andei vendo nas lojas na categoria pequeno porte o Nexus 7 ta mais bem cotado que o Ipad e por mais que não pareça o motivo é a tela e a qualidade da imagem, tanto que a maioria que quer um Ipad mas não curtiu o mini e não tem dinheiro para comprar o mais novo acaba optando pelo Ipad 2.

    O Kobo acho que até por ser canadense tem seu espaço garantido no mercado porque aqui na América do Norte tem aquele famoso fanatismo patriótico, então isso já é um ponto para ele. Outra coisa é o fato de que hoje nessa categoria de tablets ele acaba sendo um pouco mais vantajoso que o Galaxy tab 2 no quesito processador e mais barato que o Nexus 7 (questão de uns 60 / 70 dólares) e esses são os 2 Tablets mais comentados no momento pelo fato de que o Tab 2 teve uma baixa de preço ficando na média do Nexus e do Arc.

    A uns 2 meses atrás na época do Boxing day tinha uma baita promoção onde tu comprava um Kobo Arc e ganhava um Kobo Mini de graça. O Mini agora ta saindo por uns 60 dólares.

    • Paz

      Valeu, Nan. Muito interessante acompanhar como é o comportamento dos consumidores em cada país.
      Só uma observação: a Kobo foi vendida para os janoneses da Rakuten em 2011.

      Se tiver mais novidades aí no Canadá, compartilha com a gente!

  • Nan

    Muito boa sua matéria porém a sua planilha de comparação tem alguns erros.
    O Kobo Arc não tem conexão Bluetooth, não tem eCompass e tão pouco Sensor luz ambiente. Esse motivo é o que deixa a galera na dúvida porque pelo menos aqui no Canadá com mais uns 60 dólares dá para pegar o Nexus 7 de 32Gb.
    Mas até pelo fato de ser canadense e a galera aqui ser bem patriota o Kobo tem um bom espaço no mercado local.

    Melhor foi a promoção que teve no final do ano passado aonde tu comprava um Kobo Arc e ganhava um kobo mini de graça, tudo por 199 bucks!

    • Paz

      Você tem razão, o Kobo Arc não tem bluetooth, nem eCompass. Mas tem sensor de luz ambiente. Já corrigi.

      Qual a preferência dos canadenses: iPad ou tablets com Android?