microsoft_surface_lancamento

Lançamento do Surface: um dia para a Microsoft esquecer

Getty Images / Kevork Djansezian

Devemos reconhecer: a Microsoft fez um esforço tremendo para não errar. Mas o lançamento do Surface e do Windows 8, hoje, mostrou que só esforço não basta.

O maior problema que eu vejo não está no empenho em melhorar.

O problema está em a Microsoft querer ser como a Apple, uma empresa que tem uma imagem de empresa inovadora, mesmo que isso não corresponda totalmente à realidade.

Um desastre

O lançamento do novo Windows e do Surface aconteceu como muitos já previam: uma confusão de produtos, aplicativos e conceitos.

Mas para ninguém falar que eu estou sendo muito crítico, nem vou comentar aqui que o Surface travou bem no meio da apresentação. Desculpa, já falei…

E tem uma coisa eu não entendo: a Microsoft decidiu inovar botando um teclado no tablet??? Valha-me Deus!

Se eles seguirem a qualidade dos teclados Microsoft para PCs…

A verdade é que o Surface não é um tablet ruim, longe disso. Só que tem muitos – e ótimos – concorrentes.

Mas a Microsoft, além de querer transformar o Surface numa espécie de netbook – sem as melhores coisas de um netbook – pretende vender a ideia de que o usuário vai ter uma total integração com outros dispositivos que usam o Windows.

Só que esta integração só acontece com o Surface com Windows 8 Pro. E a Microsoft lançou hoje o Surface com Windows RT!

Mais confusão: um erro no site

Para completar o dia, a Microsoft brasileira teve que dar explicações, após divulgar um preço errado para o Windows 8 Pro, no website da empresa.

O preço correto seria R$ 69, mas estava como R$ 83,89.

O site ficou fora do ar, com um pedido de desculpas da Microsoft.

Até o Procon entrou na brincadeira, exigindo que a Microsoft mantivesse o valor original.

Sono pesado

Não precisa ser nenhuma mãe Dinah (ou Pai Galo) para prever que muita gente do marketing da Microsoft não vai dormir direito hoje.

Mas este já era um desastre anunciado.

///

Paz

J Paz Filho - Sou jornalista, trabalho na produção de conteúdo editorial e na criação, desenvolvimento e manutenção de websites - incluindo e-commerce. Tenho especialização em design gráfico na Unisinos e já fui editor de mais de uma dezena de jornais e revistas especializados. Faça um orçamento enviando uma mensagem no contato; ou por email.

  • Celso

    Paz, não sei se é pq vc é Applemaníaco ou é só lento de raciocínio. Prefiro a primeira opção, associada ao fato que o iOS danificou teu cérebro, ou domesticou teu cérebro.

    Do jeito que vc fala, passa aos leigos em tablet que o teclado do Surface é colado ao tablet da Microsoft. O uso do teclado no Surface NÃO É OBRIGATÓRIO!!!

    Ora, é uma opção a mais, e, ao meu ver, genial e tecnicamente bem construída, como diversos sites observaram. O suporte para mesa tb é genial e OPCIONAL, nem precisa dobrar uma capa VENDIDA SEPARADAMENTE como o iPad… se cuide que inveja mata, se fossem duas idéias da Apple seriam geniais, mas elaboradas pela Microsoft são coisa de jerico, me poupe!

    Seja honesto com seus leitores, as idéias são boas e deverão ser devidamente copiadas lá na frente pela Apple, com nome diferente e dobro do preço, como o novíssimo FUSION DRIVE. Até pouco tempo, vc criticava câmeras fotográficas elaboradas em tablets, agora que o iPad mini tem é bom??? Então agora se a Microsoft pensou na possibilidade do usuário querer assistir a um filme sem ficar segurando o tablet e criou um suporte integrado retrátil isso é uma péssima idéia, então pra que a SmartCover dobra??? Me poupe, viu Cleonice?

    • Paz

      Celso, qd abri teu comentário recém tinha postado “Comprou um iPad 3? Azar o seu…”.

      Vc tem razão, o teclado no Surface não é obrigatório. Mas a Microsoft vende a ideia de que, para funcionar 100%, vc precisa ter um.

      Já reparou que quase todos os tablets podem ter como acessório um teclado? Mas os fabricantes não ficam anunciando isso. Com exceção do Asus Transformer.

      Ainda acho que a Microsoft fez muito barulho por pouco.

  • Celso

    Paz, não sei se é pq vc é Applemaníaco ou é só lento de raciocínio. Prefiro a primeira opção, associada ao fato que o iOS danificou teu cérebro, ou domesticou teu cérebro.

    Do jeito que vc fala, passa aos leigos em tablet que o teclado do Surface é colado ao tablet da Microsoft. O uso do teclado no Surface NÃO É OBRIGATÓRIO!!!

    Ora, é uma opção a mais, e, ao meu ver, genial e tecnicamente bem construída, como diversos sites observaram. O suporte para mesa tb é genial e OPCIONAL, nem precisa dobrar uma capa VENDIDA SEPARADAMENTE como o iPad… se cuide que inveja mata, se fossem duas idéias da Apple seriam geniais, mas elaboradas pela Microsoft são coisa de jerico, me poupe!

    Seja honesto com seus leitores, as idéias são boas e deverão ser devidamente copiadas lá na frente pela Apple, com nome diferente e dobro do preço, como o novíssimo FUSION DRIVE. Até pouco tempo, vc criticava câmeras fotográficas elaboradas em tablets, agora que o iPad mini tem é bom??? Então agora se a Microsoft pensou na possibilidade do usuário querer assistir a um filme sem ficar segurando o tablet e criou um suporte integrado retrátil isso é uma péssima idéia, então pra que a SmartCover dobra??? Me poupe, viu Cleonice?

    • Paz

      Celso, qd abri teu comentário recém tinha postado “Comprou um iPad 3? Azar o seu…”.

      Vc tem razão, o teclado no Surface não é obrigatório. Mas a Microsoft vende a ideia de que, para funcionar 100%, vc precisa ter um.

      Já reparou que quase todos os tablets podem ter como acessório um teclado? Mas os fabricantes não ficam anunciando isso. Com exceção do Asus Transformer.

      Ainda acho que a Microsoft fez muito barulho por pouco.

  • Rogeriomur

    Pra mim este tablet é perfeito. Eu uso muito texto e tabelas e o surface vem com word, excel.
    Vc esqueceu de dizer q ele tem USB.

  • Rogeriomur

    Pra mim este tablet é perfeito. Eu uso muito texto e tabelas e o surface vem com word, excel.
    Vc esqueceu de dizer q ele tem USB.