internet-explorer-bugs

Microsoft alerta para o fim do suporte ao Internet Explorer 8, 9 e 10

A Microsoft está alertando os usuários das versões mais antigas do Internet Explorer que irá retirar o suporte e as atualizações de segurança a partir de hoje, 12 de janeiro de 2016. A empresa adverte sobre os riscos de vírus e malwares, caso os usuários optem por manter a utilização dos IE 8, 9 e 10.

Por enquanto, está assegurado o suporte ao Internet Explorer 11, mas, provavelmente, o apoio da Microsoft a todas as versões do IE termine no final de 2016.

Do sucesso ao esquecimento

Em maio de 2002 o Internet Explorar detinha 86,7% do mercado de navegadores. O domínio quase absoluto estava na esperteza da Microsoft em colocar o IE como único navegador do Windows. Seus principais concorrentes naquele ano eram o Netscape (o pioneiro) e o AOL.

Mas no ano seguinte a fundação Mozilla lançou o seu browser, o Mozilla, que, de cara, já absorveu 4% do mercado, atingindo 16,5% em 2005. Neste mesmo ano, a fundação lançou o Firefox e os dois navegadores da Mozilla já representavam 25% do mercado.

O Chrome, do Google, chegou em 2008, com 3%, até alcançar 67,4% do mercado em novembro de 2015.

Hoje o Internet Explorer mal passa dos 6%.

Assim, seria natural que a Microsoft investisse em uma nova estratégia, que veio com o lançamento do Microsoft Edge, embutido no Windows 10.

///

Paz

J Paz Filho - Sou jornalista, trabalho na produção de conteúdo editorial e na criação, desenvolvimento e manutenção de websites - incluindo e-commerce. Tenho especialização em design gráfico na Unisinos e já fui editor de mais de uma dezena de jornais e revistas especializados. Faça um orçamento enviando uma mensagem no contato; ou por email.