carnaval_globo

O Carnaval da Globo

Não tem como negar, o desfile das Escolas de Samba é bom para o Rio. Muita grana dos turistas, muito emprego para os cariocas.

O problema é que a Globo se apoderou de uma festa popular.

O que antes era descontração e autenticidade virou um espetáculo comercial. Os integrantes das escolas tornaram-se meros figurantes, como se participassem de uma minissérie.

Ligações perigosas

Se por um lado esse apelo comercial resulta em um cenário grandioso, por outro cria uma estranha parceria entre as escolas de samba e a emissora.

É fácil perceber: a mais óbvia é a participação de funcionários da casa nos desfiles. Mas existe uma menos explícita: o merchandising “perdido” em uma ala qualquer. É quando um “carnavalesco” enxerta um tema, dando publicidade a uma novela ou a um programa.

Outra ligação não menos esquisita é com os bicheiros cariocas. As “organizações” afirmam ser contra a jogatina mas, ao mesmo tempo, “esquecem” a participação dos patronos das escolas de samba.

Deputados querem mudanças

Alguns deputados federais estão tentando passar uma lei que restringe a participação de uma mesma empresa em várias mídias. Assim, nenhuma empresa de comunicação poderia ser dona, ao mesmo tempo, de TVs, rádios, jornais, revistas, um portal da internet, um serviço de TV fechado, uma produtora e distribuidora de filmes…

Isso evitaria uma concentração econômica e política. Se essa lei fosse aprovada, talvez assim, no próximo carnaval, a gente não fosse obrigado a ver um carro alegórico com as crianças do Zorra Total, como aconteceu este ano.

Derrota em São Paulo

Depois de redigir este artigo fui dar uma conferida nas notícias sobre o carnaval e a mídia. E os blogs independentes dispararam: a Globo perdeu a liderança durante as transmissões dos dois dias de desfile, em São Paulo.

A derrota foi para a minissérie Rei Davi, da Record. No domingo a diferença média chegou a 1,8 ponto (14,5 e 12,7, respectivamente). E atingiu inimagináveis 4 pontos, no horário de maior diferença (às 23h4min).

Na segunda o IBOPE apontou uma diferença de 1 ponto (14 contra 13).

Cada ponto correspondente a 53 mil domicílios na Grande São Paulo.

Samba do Crioulo Doido

Hoje (22 de fevereiro) saiu o resultado e a Unidos da Tijuca foi a campeã. Veja então se eu não tenho razão; o raio do tema enredo foi “O dia em que toda a realeza desembarcou na Avenida para coroar o Rei Luiz do Sertão”, uma homenagem ao cantor Luiz Gonzaga.

Agora me diga: o que o filme Avatar (que apareceu num dos carros alegóricos) tem a ver com isso? O Jornal da Globo diz que “muita gente torceu o nariz”. Não, tudo bem, claro, a Realeza, Gonzagão e Avatar, tudo a ver…

O filósofo e apresentador do Fantástico Zeca Camargo (que desfilou com a camiseta da diretoria da escola) lembrou de outro filme: “A invenção de Hugo Cabret”, de Martin Scorcese. “Lembrei do filme e ele fala do sonho. E foi isso que a Tijuca passou: o sonho na avenida”. Então tá…

///

Paz

J Paz Filho - Sou jornalista, trabalho na produção de conteúdo editorial e na criação, desenvolvimento e manutenção de websites - incluindo e-commerce. Tenho especialização em design gráfico na Unisinos e já fui editor de mais de uma dezena de jornais e revistas especializados. Faça um orçamento enviando uma mensagem no contato; ou por email.