word_community_grid

Programa utiliza tempo ocioso do computador para ajudar entidades de pesquisa científica

A internet é feita de orkuts, youtubes e twitters, mas também é um espaço para a criação de iniciativas como o da IBM, através do “World Community Grid” (WCG) — em conjunto com entidades de pesquisa científica de todo o mundo.

Eu conheci o WCG ao ver uma reportagem na tv, na qual participou o pesquisador da Fundação Osvaldo Cruz, Wim Degrave, coordenador do projeto “comparação de genomas”. Depois de muita procura para tentar entender como funciona, fiz um resumo para você ler – e participar.

O que é?

O World Community Grid (WCG) é um projeto criado pela IBM, baseado na “computação em nuvem“, um sistema já utilizado pelos maiores servidores de internet (o Google por exemplo). Basicamente a computação em nuvem significa compartilhar os recursos disponíveis e apenas quando forem necessários. O conceito é meio complicado, eu sei, mas se você participar deste projeto vai entender. Confira a seguir:

E como funciona?

O sistema funciona assim: você “doa” os recursos ociosos do seu computador (processador e espaço do HD) e estes recursos são direcionados a um servidor central da IBM nos Estados Unidos, que por sua vez faz a distribuição para os computadores de entidades de todo o mundo – todas ligadas às pesquisas de combate ao câncer, dengue, AIDS, distrofia muscular, doenças raras e outras tantas.

Quais as entidades beneficiadas?

Participam hoje (25 de novembro de 2010) 433 organizações do mundo todo, incluindo governos, empresas, universidades e ONGs. Confira a relação completa.. A World Community Grid faz uma seleção dos melhores projetos entre as mais renomadas organizações de todo o mundo.

Aqui no Brasil a Fundação Osvaldo Cruz já se beneficiou deste sistema no seu “Projeto Comparação de Genomas”, que teve a duração de 4 anos. Veja os resultados aqui. Sem a colaboração da World Community Grid, e usando apenas os próprios computadores da instituição, a FioCruz levaria centenas de anos para concluir a pesquisa. A IBM doou o hardware, software, serviços técnicos e conhecimento para criar a infraestrutura para o projeto.

A FioCruz de Minas Gerais está preparando uma pesquisa importantíssima para a cura da esquistossomose, uma doença de parasitas, comum em regiões tropicais e que é incubada e transmitida via água. A Organização Mundial de Saúde destacou a necessidade de controle máximo desta doença, que mata entre 11 mil e 200 mil pessoas todos os anos, e infecta 210 milhões de pessoas em 76 países.

É seguro?

Seus dados não vão ser acessados. Toda a conexão é criptografada e o que vai navegar pela rede na verdade são apenas os recursos não utilizados do seu PC (processador e HD). A segurança maior é a própria imagem da IBM e as centenas de organizações participantes.

Meu computador vai ficar lento?

O programa da IBM foi criado exatamente para determinar quais os recursos não usados no seu PC. Também existe a possibilidade de configurar o software para funcionar como um screen saver, utilizando apenas os recursos do computador quando ele está ligado mas não está sendo utilizado. E você tem ainda a opção de fechar a conexão na hora que quiser.

Eu já instalei e estou usando o programa. Não alterou em nada a velocidade do meu PC.

Qual a finalidade de eu “doar” recursos do meu PC?

As equipes de pesquisa necessitam de computadores com uma capacidade de processamento de dados fantástica. Somente supercomputadores são capazes de realizar estas tarefas. Assim, seria necessário uma quantia extraordinária de dinheiro e de tempo para a conclusão das pesquisas. A união dos computadores de todos os participantes deste projeto substitui os supercomputadores.

Porque eu deveria participar?

Um PC fica ocioso quase 95% do tempo de uso. Isto representa uma subutilização incrível de recursos, que podem ser canalizados para este projeto, por exemplo. É uma ótima oportunidade para se fazer uma ação social, e sem a necessidade de nenhuma doação. No mundo todo já são 533 mil voluntários (quase 1,5 milhão de computadores). Na Europa são 121 mil e no Brasil 13 mil.

Como eu faço para participar?

É simples: no site do World Community Grid preencha este cadastro como voluntário e baixe o programa (tem menos de 9Mb). Depois disso não precisa fazer mais nada. O software faz a detecção dos recursos não utilizados da sua máquina e estes recursos são direcionados aos computadores ao servidor da IBM que faz a distribuição para as entidades de pesquisa.

Passo-a-passo da instalação

1 — Entre no site da World Community Grid e no menu “download” clique em “Join Now”.


2 — Preencha os seus dados.


3 — Escolha os projetos dos quais você quer participar. Não se preocupe com este item: dá para mudar as opções depois.


4 — Faça o download do programa (tamanho: 8,8Mb)


5 — Escolha as opções. Eu instalei sem a opção de screensaver. Se não quiser usar o screensaver clique em “Advanced” e desmarque esta opção. É o meu conselho.


6 — Agora o programa é instalado.Dependendo das suas opções anterirores talvez seja necessário reiniciar o Windows.


7 — Pronto. Agora você já faz parte do World Community Grid. Depois, em “Preferences” você tem uma série de opções de como quer usar a conexão.


8 – O programa vai rodar sempre que você iniciar o Windows (na barra inferior). Se quiser interromper a qualquer hora, clique com o mouse direito e escolha “Exit”.

Outras informações

Como funciona o projeto [pdf]

Site do World Community Grid

Torne-se um pesquisador cidadão

FioCruz – Resultados do Projeto “Comparação de Genomas”

///

Paz

J Paz Filho - Sou jornalista, trabalho na produção de conteúdo editorial e na criação, desenvolvimento e manutenção de websites - incluindo e-commerce. Tenho especialização em design gráfico na Unisinos e já fui editor de mais de uma dezena de jornais e revistas especializados. Faça um orçamento enviando uma mensagem no contato; ou por email.