rafinha_entrevista

Rafinha diz que saiu da Band por questões comerciais

Esta foi a primeira vez que o humorista Rafinha Bastos falou sobre como aconteceu o seu “desligamento” da TV Bandeirantes.

Foi na entrevista que deu à Marília Gabriela no programa De Frente com Gabi, no SBT, neste domingo (25 de março).

Assista à entrevista completa aqui.

Apesar de dizer que não tem mágoas da emissora, repetiu várias vezes que o término do seu contrato teria sido por uma imposição comercial.

Mas também deixou a entender que talvez não tenha sido esta a razão principal.

O humorista confirmou que a emissora pediu que ele fizesse uma retratação, no que ele não concordou.

Rafinha disse que acabou escolhendo o Twitter e o Facebook à sua participação na TV. Isso talvez explique o número de vezes que citou a palavra “seguidores”.

Como tudo começou

Para entender o seu “afastamento” da TV Bandeirantes é preciso lembrar que antes de ele entrar no CQC ele já era um fenômeno no Twitter.

Entrou no programa sem ter nenhuma outra experiência na TV (além de ser um cara tímido). O que ele fez? O que pediram para ele fazer. Ou seja, repetir suas atuações nos vídeos que produziu para as redes sociais.

Talvez isso explique a sua aparente “arrogância” no programa.

Mudando de ideia

Na entrevista ficou claro que ele já está tentando se desculpar, mas não quer fazer isso de forma direta.

Chorou ao falar da família e revelou que teria enviado um e-mail para o empresário Marcos Buaiz, marido da cantora Wanessa Camargo, pedindo desculpas pela infame piada de que “comeria ela e o filho que estava na barriga”. Disse também que informou a Buaiz que não faria isso publicamente.

Novo Programa na RedeTV

Rafinha vai ser o apresentador da versão brasileira do talk show “Saturday Night Live”. Com 37 anos na TV norte-americana, o SNL, como o programa é conhecido, reúne quadros curtos que satirizam fatos ocorridos durante a semana, paródias de programas de TV e filmes.

A data e o horário do novo programa ainda não estão definidos, mas a emissora já definiu o dia da semana: será nos domingos (e não nas sextas).

Uma das opções é colocá-lo no mesmo horário do Pânico na TV, que saiu da emissora e que estreia dia 1º de abril na Bandeirantes. Seria uma briga boa de se ver.

///

Paz

J Paz Filho - Sou jornalista, trabalho na produção de conteúdo editorial e na criação, desenvolvimento e manutenção de websites - incluindo e-commerce. Tenho especialização em design gráfico na Unisinos e já fui editor de mais de uma dezena de jornais e revistas especializados. Faça um orçamento enviando uma mensagem no contato; ou por email.