ipad_revistas_brasil

Revistas brasileiras se atrapalham com o iPad

As revistas e outras publicações enfrentam um dilema: como criar um conteúdo para os tablets como o iPad?

Porque os tablets são na verdade um novo suporte. Não são mídia impressa e também não são web.

Trabalho na área e sei como é: não é fácil transportar um conteúdo de uma mídia tradicional, como a revista em papel, para o tablet.

Nossas revistas semanais para iPad são apenas uma extensão de suas similares impressas. Ou, para ser mais preciso, uma mistureba do material impresso com suas versões para web.

Para ficarem mais “modernas”, oferecem vídeos, áudios e slide shows. Mas não conseguem avançar no uso de recursos que a nova tecnologia oferece.

Semanais: quase o mesmo conteúdo dos seus websites

A Veja para iPad (5 dólares) é a que mais se parece com a sua versão para web. Talvez a única grande diferença esteja num índice, que facilita a navegação. E só.

A Época também segue o mesmo caminho, mas tem um visual claramente mais adaptado ao iPad e com um índice muito melhor construído. Interessante e ao mesmo tempo esquisito é a opção de visualizar as fotos estáticas das matérias como um slide show.

As duas revistas também permitem a conexão com seus websites, para acessar as últimas notícias.

A Isto É tem uma app muito semelhante à Veja, mas é gratuita. Talvez por isso você não vá encontrar quase nenhuma informação na web sobre a revista e sua versão para iPad. No site da Isto É existe uma promoção de assinatura que dá como “brinde” um purificador de água “by Hebe” (sic). Quem sabe a Editora Três esteja preparando uma app mais aprimorada.

“Jornalões”: a fórmula não muda

Também os jornais como O Globo, Folha de SP e Estadão seguem a mesma linha e — como todas as outras publicações — estão em fase de testes.

Resumindo: as empresas de mídia impressa brasileira não aprenderam ainda a transferir suas informações para o iPad.

Jornais: mesmo design das versões impressas

Quase todas se atrapalham na hora de definir que tipo de conteúdo é o mais adequado. Colocando muito texto onde poderia ter um infográfico ou muitas fotos, onde poderia ter um vídeo. O design é poluído, as vezes sufocante.

Claro, este não é um trabalho dos mais fáceis, mas é justamente aí que as publicações estrangeiras têm se saído melhor. E, vamos combinar: apenas transferir o conteúdo de uma mídia para outra não faz muito sentido. Oferecer um bônus — com alguns vídeos e fotos — também não vai seduzir o usuário.

Outras publicações nacionais para iPad

Além das revistas semanais, dezenas de outras publicações brasileiras também estão disponíveis na iTunes Store.

Como a revista Caras, onde pode-se ficar sabendo que Carol Dieckmann levou o filho para a premiação da CBF. Carta Capital e Caros Amigos por enquanto estão de fora do iPad.

Também pode-se baixar apps de tvs, rádios, clubes de futebol, horóscopo, previsão do tempo e outras quinquilharias.

///

Paz

J Paz Filho - Sou jornalista, trabalho na produção de conteúdo editorial e na criação, desenvolvimento e manutenção de websites - incluindo e-commerce. Tenho especialização em design gráfico na Unisinos e já fui editor de mais de uma dezena de jornais e revistas especializados. Faça um orçamento enviando uma mensagem no contato; ou por email.

  • felipe

    Fazer uma revista pro ipad idêntica a impressa é usar de forma porca uma plataforma ótima para interatividades e novas experiências. Se for pra fazer um pdf paginado as editoras deveriam pelo menos ter a decência de disponibilizar as revistas gratuitamente.

    http://www.revistanoipad.com.br/

    • Paz

      Felipe, desculpa, por problemas técnicos seu comentário não tinha aparecido aqui no Blog. Só agora consegui recuperá-lo.

      E parabéns pelo trabalho de vocês.

  • angela

    bom dia! Ao ler esse post, sinto que ele não e tão novinho assim, é logo penso que vc ja tenho notado que as revistas tem melhorado bastante, e o preço eo mesmo do da banca de jornal, caro? Creio que sim comparando com as demais de outros paises, comcordo que elas precisam melhor muitooo!Mais ja me agrada ler essas no ipad.

  • felipe

    Fazer uma revista pro ipad idêntica a impressa é usar de forma porca uma plataforma ótima para interatividades e novas experiências. Se for pra fazer um pdf paginado as editoras deveriam pelo menos ter a decência de disponibilizar as revistas gratuitamente.

    http://www.revistanoipad.com.br/

    • Paz

      Felipe, desculpa, por problemas técnicos seu comentário não tinha aparecido aqui no Blog. Só agora consegui recuperá-lo.

      E parabéns pelo trabalho de vocês.

  • angela

    bom dia! Ao ler esse post, sinto que ele não e tão novinho assim, é logo penso que vc ja tenho notado que as revistas tem melhorado bastante, e o preço eo mesmo do da banca de jornal, caro? Creio que sim comparando com as demais de outros paises, comcordo que elas precisam melhor muitooo!Mais ja me agrada ler essas no ipad.