Post atualizado em setembro de 2015

Uma das grandes dúvidas em relação aos tablets tem sido a transferência de arquivos do pacotão Microsoft Office.

Abrir arquivos Office em um tablet

Se o seu objetivo for apenas visualizar um documento Office (Word, por exemplo) nem precisa baixar nada; quase todos os tablets e smartphones já incluem aplicativos específicos para isso.

Se for editar um documento Office aí sim é preciso baixar um app nas lojas oficiais do Google (Android) e da Apple. Como o Microsoft Office Mobile para Android ou WPS Office para iOS – ambos gratuitos.

Confira aqui todas as versões do Office para dispositivos móveis.

Para o iPad você ainda tem vários outros. Leia o post 5 aplicativos Office para iPad. E se você tem um Apple e quer apenas um bom editor de textos (tipo Word), a escolha natural vai ser o Pages(10 dólares).

É um aplicativo com os principais recursos do Office para PC e oferece uma edição básica para documentos do Word, Excel e Power Point.

Mesmo assim, se você criou o documento original no Office do Windows, nada garante que o seu arquivo seja aberto com toda a formatação original. Algumas configurações podem ser perdidas no caminho.

Office Mobile: aplicativo oficial da Microsoft

Office Mobile: aplicativo oficial da Microsoft

Transferência de arquivos através de um pendrive

Para aqueles que ainda têm documentos Office feitos no PC, uma solução pode ser a transferência de arquivos via pendrive. Não é muito prático.

Para a maioria dos tablets é preciso comprar um cabo adaptador. No iPad nem com um cabo isto é possível, a não ser usando o jailbreak, um programa para desbloquear o iOS (não aconselho usar).

Alguns tablets no mercado já trazem uma porta USB nativa (não há a necessidade de usar cabos, basta conectar o pendrive diretamente na porta USB).

O ruim é que todos os tablets ainda apresentam uma limitação na transferência de arquivos via USB. Que pode ser tanto física como dos sistemas operacionais (iOS no iPad e Android nos demais).

AS MELHORES OPÇÕES

Outras opções para a transferência de arquivos:

1 — Email: a mais simples

Mande um email para você mesmo(a), com um arquivo do Office anexado (.doc / .xml, etc). Abra o documento no seu tablet.

2 — DropBox: solução para qualquer tablet

A segunda opção é usar o DropBox. Dá para para armazenar 2GB (versão gratuita) e fazer a transferência de arquivos entre um PC e um dispositivo Apple (MAC, iPad, iPhone, etc) Android e Windows Phone.

Baixe o DropBox para o Windows ou DropBox para Ubuntu.

Baixe o DropBox para iPad (iPhone, iPod Touch, gratuito, através da App Store) o DropBox para Android (Google Play, gratuito) e Dropbox para Windows Phone.

Crie uma conta e pronto… suas pastas e arquivos salvos através do PC estão disponíveis no servidor do DropBox. Sem precisar do iTunes — e de sua complicada sincronização — de cabos, etc. E, claro, o caminho contrário (do tablet para o PC) também é possível.

Se você tem um Apple, não deixe de ler: DropBox: uma solução para transferir arquivos do PC para o iPad

Ou, este post, que avalia os 6 principais serviços de armazenamento (e até edição de documentos), incluindo o DropBox.

BropBox para Android

3 — iTunes: para a conexão PC/iPad

A mais complicada: a conexão entre o iPad e a porta USB do seu PC (ou laptop, etc) através de um cabo específico da Apple. Para isso é necessário uma sincronização com o iTunes (que deve estar instalado tanto no iPad como no PC). O iTunes funciona como uma “central” de troca de arquivos. Vamos supor que você queira transferir arquivos do pacotão Office para o iPad.

O que vai precisar: 1 — Ter instalado o iTunes no iPad e no PC. 2 — Fazer a ligação física do iPad com o PC através do cabo da Apple. 3 — Ter um aplicativo que possa abrir estes arquivos no iPad (por exemplo o “Pages“). 4 — Pronto. “Só” isso. A transferência de outros tipos de arquivos segue esta mesma lógica.

Na verdade, é uma solução muito complicada. O melhor é usar serviços como o DropBox, Google Drive e até o Microsoft SkyDrive.

Leia o post Como usar o Office no iPad. Ou 6 ótimos serviços para aumentar o espaço de armazenamento do seu tablet ou smartphone.

4 — Google Docs + Google Drive: outra boa opção

Para usar o Google Docs é só ter uma conta no Gmail. É uma ótima alternativa também. É grátis, leve e tem um layout bem simples. Ou seja, tudo o que a maioria dos usuários precisa.

O Google Docs abre praticamente qualquer tipo de arquivo. Além dos tradicionais word, excel e power point, ele aceita os arquivos pdf (adobe acrobat).

Também dá para fazer uma edição bem razoável nestes documentos e trabalhar em grupo. Se você ainda não conhece, vale a pena conferir.

Ah!, o Google Docs funciona junto com o Google Drive, o serviço de armazenamento do Google, que oferece 5GB de espaço gratuito.

Conclusão:

Antes todo mundo tinha um PC cheio de programas Windows, ocupando espaços gigantescos.

Agora, temos aplicativos menores, mais leves. Com menos recursos, é verdade, mas com o suficiente para a grande maioria dos usuários.

O pacotão Office não foi criado para rodar em tablets.

A Microsoft lançou em 2014 o Office Mobile, um “pacotinho”, adequado aos novos padrões.

Assim, o melhor mesmo é já sair editando o seu texto diretamente no tablet. Evitando problemas de perda da formatação original e de transferência de arquivos.