sony_xperias

Xperia S: o tablet da Sony para enfrentar os coreanos

A Sony acaba de lançar o Xperia Tablet S, uma atualização do Sony Tablet.

O acréscimo do “Xperianeste novo modelo é para juntá-lo à linha do mesmo nome (composta até agora pelos smartphones Xperia).

Sony tenta se reerguer

Como eu já tinha antecipado aqui no Blog, a Sony vai focar a sua estratégia na produção de dispositivos móveis, depois do fantástico prejuízo de 5,7 bilhões de dólares no último ano fiscal.

Eu testei um smartphone Xperia e fiquei impressionado com a sua leveza, o seu desempenho e o seu design.

Mais surpreso ainda foi quando vi que existia um aviso de atualização para o Android Ice Cream Sandwich. Normalmente os fabricantes bloqueiam as atualizações do Android.

O que pode ser uma prova de que a Sony está mesmo decidida a ocupar um espaço neste mercado.

Pena que o Xperia que eu usei esquentava igual aqueles notebooks antigos. Mas isso não chegou a atrapalhar o seu desempenho. É um ótimo smartphone.

O que mais chama a atenção em todos estes dispositivos é a qualidade de construção desses Sonys, incluindo-se aí o chassi, a tela e a ergonomia.

Configuração poderosa

O Xperia Tablet S é o que se pode chamar de top de linha.

Para começar, a tela tem 9.4 polegadas, com 1280 x 800. E o processador é um NVIDIA Tegra 3, quad core de 1.4 GHz.

O Tablet S é 10mm mais fino e 30 gramas mais leve do que o modelo anterior. Comparando com o iPad 3, ele é 82 gramas mais leve!! Isso é uma grande diferença quando estamos falando de tablets.

O design é meio estranho, com aquela aba virada na parte de trás.

Os alto-falantes expostos também não ficaram muito bonitos, mas exercem uma função muito mais prática do que estética.
Com certeza o som fica bem mais claro, no comparativo com o som abafado de outros tablets.

O sistema que o acompanha é o Android 4.0.3, Ice Cream Sandwich.

A Sony segue a tendência de outros fabricantes de tablets top de linha ao oferecer uma personalização do Android.
O layout da área de trabalho acompanha um estilo japonês: mais limpo, diferente dos tablets coreanos que entregam um layout mais poluido.

A boa notícia é que pessoal da Sony está estudando a possibilidade de uma atualização para a nova versão do Android, o Jelly Bean. Fique atento: é bem provável que isso realmente venha a acontecer.

Conclusão

O Xperia Tablet S da Sony chega com o mesmo preço do Samsung Galaxy 2, 10.1″ (399 dólares); e é 100 dólares mais barato do que um iPad 3 (modelos wi-fi, com 16GB de armazenamento).

Se a Sony decidir mesmo oferecer uma atualização para o Android Jelly Bean, esta pode ser uma boa opção de compra para um tablet top de linha.

Se não, você terá que se acostumar com algumas engasgadas nas navegações pela web, uma característica de quase todos os tablets que rodam sob as versões Android anteriores.

///

Paz

J Paz Filho - Sou jornalista, trabalho na produção de conteúdo editorial e na criação, desenvolvimento e manutenção de websites - incluindo e-commerce. Tenho especialização em design gráfico na Unisinos e já fui editor de mais de uma dezena de jornais e revistas especializados. Faça um orçamento enviando uma mensagem no contato; ou por email.