Olhar as capas da revista Veja é fazer um passeio pela história recente do Brasil – e do mundo.

Apesar de discordar da suas posições políticas, não sou um daqueles que nutrem ódio pela publicação.

A Veja ocupa um espaço legítimo, representando alguns setores empresariais e boa parte do setor financeiro.

E por uma dessas coisas da comunicação, a Veja tem ajudado — involuntariamente — as seguidas eleições do PT.

O que comprova também o poder relativo da mídia, ao contrário do que muitos imaginam.

Também não dá para negar a competência de boa parte dos seus jornalistas e algumas boas reportagens já produzidas durante todos esses anos.

A seguir, você poderá acompanhar quem teve a simpatia da revista e aqueles que foram atacados implacavelmente pela publicação.

Divirta-se.

Os amigos

Os inimigos

Collor: o amigo que virou inimigo

Ideologia

Erros

J Paz Filho

J Paz Filho

Jornalista (PUC) /// Designer (Unisinos) /// Geek /// Produtor de conteúdo editorial ///Websites e e-commerce /// Editor de jornais e revistas
J Paz Filho