Em um comunicado à imprensa especializada, a Samsung, maior empresa de tecnologia do mundo, acaba de anunciar a compra da Apple.

Os executivos da Apple — reunidos em Houston, na Califórnia, às 10h de hoje (horário brasileiro) — já confirmaram a negociação, dando um fim às intensas batalhas internas entre os diretores da empresa, que começaram logo após a morte de Steve Jobs.

O auge dos conflitos teria acontecido no dia 21 de fevereiro de 2013, quando dois dos principais dirigentes da Apple (John F. Mock e Juan Bogus) sairam no tapa na frente de centenas de funcionários, na sede da Apple, no Texas.

Declaração de Miamoto enfurece Coreia do Norte

Miamoto: delaração infeliz

Miamoto: delaração infeliz

Em Hong Kong, sede da Samsung, a população saiu às ruas para comemorar.

Eufórico, o primeiro ministro da Coreia do Sul, Massaro Miamoto, falou que este era um momento especial:

— Se temos dinheiro para comprar a maior companhia do planeta, por que não poderíamos pensar agora em adquirir o território norte coreano e unificar, de uma vez por todas, o nosso querido país?

Esta declaração enfureceu os dirigentes da irmã do norte, segundo divulgou agora à pouco a agência KoreaFree.

Numa medida de emergência, os cabeças-chatas da Coréia, como são conhecidos, proibiram o uso de qualquer smartphone no país, por um período de sete dias.

Valor recorde

Se os 23,5 bilhões de dólares forem confirmados, esta será a maior transação entre duas empresas privadas em todo o mundo.

A Samsung adquire a marca Apple, todas as lojas físicas e a loja da web, e, todos os seus atuais dispositivos móveis, incluindo o iPad, iPhone e iPod.

A divisão de desktops Mac está fora desta transação, mas a Apple já anunciou que irá vendê-la à ChinaTown, maior companhia chinesa na área de tecnologia.

Também ficam de fora a loja de aplicativos App Store, que será substituída pela Google Play (numa parceria com o Google).

iPhone 5S já vem com o novo logotipo

iPhone 5S já vem com o novo logotipo

Marca também muda

A partir de junho todos os produtos da Apple trarão impressos uma nova marca: a Apple-Sung.

Tamisho Nakama, chefe do setor de marketing da Samsung, também já confirmou outras mudanças: os novos Apple-Sung terão seu custo reduzido e isso será possível através do uso de materiais mais baratos, como o plástico e telas com menor resolução.

Windows 8 é o sistema escolhido

Não é novidade: a Samsung nunca gostou do sistema operacional da Apple, o iOS.

Para os desenvolvedores da companhia coreana, o iOS é muito simples e sem graça.

O presidente Takanota Nakasaka revelou que o novo SO será um Windows 8 personalizado, com dezenas de widgets piscantes.

Será uma revolução, afirmou Nakasaca.

>>>>>>>>>>> 1º de abril<<<<<<<<<<<<<

J Paz Filho

J Paz Filho

Sou jornalista, trabalho na produção de conteúdo editorial e na criação, desenvolvimento e manutenção de websites - incluindo e-commerce.///Especialização em design na Unisinos e já fui editor de mais de uma dezena de jornais e revistas especializados.///Faça um orçamento enviando uma mensagem no contato; ou por email.
J Paz Filho