Antes de sair por aí baixando aplicativos Android, é preciso ter alguns cuidados.

Apesar dos esforços do pessoal do Google, a Google Play vem se tornando um lugar relativamente inseguro.

Em apenas um ano o número de malwares Android cresceu 580 por cento (fonte: TrustGo).

A explicação vem de dois fatores principais:

1 – A expansão do sistema Android, que domina o mercado de tablets e smartphones. Além disso, muitos crackers (e não hackers) têm migrado do Windows para o sistema operacional do Google.

2 – A política do Google, ao aprovar aplicativos sem uma análise mais aprofundada, para aumentar sua base de apps e enfrentar o seu principal adversário: a loja da Apple.

Números surpreendentes:

A empresa de segurança F-Secure, revelou (no final de 2012) que das 28.398 amostras de malware analisadas pela empresa, “apenas” 146 vinham da loja oficial do Google.

Mas o que mais preocupa mesmo são os “software potencialmente indesejados”. A F-Secure encontrou nada menos do que 13.639 deles na Google Play.

A diferença é importante: enquanto os aplicativos intencionalmente maliciosos podem causar danos a você ou seu telefone, os software potencialmente indesejados podem roubar dados, invadir a sua privacidade, fazer pagamentos, assumir a navegação na web, descobrir a sua localização, e assim por diante.

virus_android_google_play_tabela

Arte: Blog do Paz | Fonte: TrustGo

Saiba como funcionam as permissões

Quando você for instalar um aplicativo em um telefone Android, através do Google Play verá uma lista de permissões que o aplicativo necessita para poder rodar.

Aqui são algumas permissões comuns que — ao aceitá-las — podem afetar a sua privacidade e a sua segurança:

Enviar SMS ou MMS

Aplicativos de mensagens exigem isso, mas outros aplicativos poderiam usá-los para enviar mensagens de subscrição e roubar o seu dinheiro.

Ler dados de contato, escrever dados de contato

Spammers podem usar essa permissão para obter informações pessoais de amigos e familiares … Cuidado!

LER / ESCREVER histórico do navegador e marcadores

Esta permissão, muito comum, é geralmente segura, mas pode ser usado para rastrear a sua navegação … e até conseguir o seu login.

Dicas para baixar um app com mais segurança:

Sempre leia as permissões e observe se elas fazem sentido para o aplicativo que você está baixando.

Exemplo: por quê um aplicativo do tipo bloco de notas precisaria da sua localização? Agora, num app de previsão de tempo isso faria sentido.

Saiba que 72% de todos os apps Android do Google Play tem permissões de acesso que não deveriam ter.

Infelizmente não dá para confiar apenas nos aplicativos mais baixados. 23 dos 500 “melhores aplicativos” da Google Play estão classificados como “de alto risco”.

J Paz Filho

J Paz Filho

Jornalista (PUC) /// Designer (Unisinos) /// Geek /// Produtor de conteúdo editorial ///Websites e e-commerce /// Editor de jornais e revistas
J Paz Filho