Quase todo mundo chama de vírus, mas estas pragas podem estar infiltradas como malwares, spywares, trojans, spams, etc.

Entre 2011 e 2012 os malwares únicos cresceram 2.180 por cento, atingindo 17.439 ameaças.

O alerta foi feito pela ABI Research, empresa norte-americana especializada em análise de mercado na área de tecnologia.

Segundo alguns analistas, esta proliferação de novos malwares tem consequências não apenas na privacidade individual, mas atingem também o ambiente corporativo.

Segundo os cálculos da ABI, já houve mais de 130 bilhões de downloads de aplicativos ligados à segurança de dispositivos móveis.

A ABI aponta algumas empresas que, para ela, se destacam nesta área:

AVG, a Mirante (Lookout Mobile Security), e a Avast na oferta de aplicativos anti-malware, privacidade e anti-roubo.

Os aplicativos LookoutDr.Web, e TrustGo como os mais inovadores.

McAfeeKaspersky e Ikarus como as empresas que se destacam nas estratégias de longo prazo.

J Paz Filho

J Paz Filho

Jornalista (PUC) /// Designer (Unisinos) /// Geek /// Produtor de conteúdo editorial ///Websites e e-commerce /// Editor de jornais e revistas
J Paz Filho