Com o lançamento do Xoom (pronuncia-se “Zoom”), a Motorola mostra que tem munição suficiente para criar um produto rápido, potente e com uma tela com uma resolução até maior que o iPad 2.

Mas ainda é uma tarefa ingrata competir com o iPad 2. A Apple tem um tablet que já está consolidado no mercado. E que une um ótimo produto a um belo e robusto sistema operacional, o iOS.

Sabendo desta limitação, a estratégia da Motorola é trazer o adversário para o terreno onde é mais fraco, conquistando novos consumidores.

A aposta é convencer os usuários de tablets de que o Xoom tem recursos extras e que usa um sistema operacional aberto, sem as restrições que a Apple impõe com as suas apps.

A Motorola precisa trabalhar rápido. A empresa assistiu as vendas dos seus smartphones despencarem em 2010.

Android “Honeycomb”: aposta em um sistema multitarefas

Novo Android tem potencial

O Android 3.0 (já está na versão 3.1), ou Honeycomb, revela uma interface de usuário bem intuiva e prática. Sua página inicial é composta por painéis, que incluem tanto ícones como widgets.

Aliás, tudo pode ser feito sem a necessidade de se abandonar a primeira tela, como assistir vídeos no YouTube, verificar a lista de emails ou obter as informações do Twitter e Facebook.

O sistema de notificação é outro ponto alto. Ao contrário dos Androids anteriores, aqui ele esconde tudo na parte de baixo, revelando emails, feeds de notícias, atualização de redes sociais, etc, com apenas um toque.

Comparado ao iOS, ele oferece mais opções e permite maior personalização; mas em compensação não possui a leveza e elegância do sistema operacional da Apple, mais simples e intuitivo.

xoom_desktop

Novas opções

O Xoom tem uma saída HDMI (é preciso comprar um cabo), alto-falantes potentes, um suporte padrão que pode transformar o tablet num “desktop”, mas falta uma capa de boa qualidade para proteger o dispositivo.

Quando se trata de velocidade de conexão, o Xoom e o iPad 2 tem modelos 3G, mas a Motorola vai oferecer atualizações da tecnologia 4G (supostamente sem custos).

Também suporta Flash, função que nunca vai estar disponível no iPad2.

O Xoom é mais veloz?

O iPad 2 vem com um processador de 1GHz A5 dual-core, e o Xoom com um processador de 1GHz dual-core Nvidia Tegra 2.

Qual o mais rápido? Para todos os efeitos, as duas unidades correspondem a tendência atual de processadores dual-core de 1GHz. Ambos entregam velocidade.

No entanto, enquanto as informações sobre a RAM do iPad 2 não podem ser comprovadas, os 1GB do Xoom – necessários para multitarefa, execução de jogos e aplicativos, etc – pode ser o dobro do tablet da Apple (especula-se que o iPad 2 tenha 512MB de RAM).

Mas para rodar as tarefas diárias, comuns, como ler emails, navegar pela internet ou reproduzir vídeos do You Tube não se percebe quase nenhuma diferença de velocidade entre os dois.

Com uma diferença: a rolagem de telas do iPad 2 é mais suave, sem trancos.

Multimídia com mais recursos

Ainda é difícil comparar as ofertas de músicas e vídeos do iTunes Store, mas, por outro lado, é possível baixar conteúdo do seu PC ou usar as lojas de terceiros, como a Amazon.

O aplicativo de música é intuitivo, mostrando as capas e permitindo a criação de listas. E o Xoom ainda oferece um programa básico para edição de vídeos.

Mais: o Xoom está bem mais preparado para trabalhar com multimídia. Tudo graças ao novo Android 3.1 e a sua tela widescreen. Também conta o suporte ao Flash para vídeos online e o player de música do Google, que foi redesenhado e está bem atraente.

Gmail: bem mais acessível do que a versão para o Windows

Tela: melhor para rodar HD e games

A Apple fez uma série de melhorias no segundo iPad, mas não mexeu na tela (precisaria?). O iPad 2 possui a mesma tela backlit LED de 9,7 polegadas com uma resolução de 1024 x 768 pixels.

Diferentemente da maioria dos laptops modernos e TVs, a Apple permanece com uma proporção de 4:3, ou seja, sua tela é muito mais quadrado (como uma folha de papel de escritório) que a tela do Xoom. Isso não é necessariamente ruim, mas é o que a Apple tem a oferecer no momento.

Em contrapartida a tela do iPad 2 foi projetada para ser usada com a melhor performance possível tanto na vertical como na horizontal; enquanto o Xoom privilegia a posição horizontal.

O Xoom tem uma relação muito próxima de 16:9, o padrão para widescreens hoje (WXGA). Além do tamanho um pouco maior, de 10,1 polegadas, o Xoom ainda entrega mais pixels (1280 x 800 pixels). Em termos de luminosidade total, o iPad 2 provavelmente se saia melhor, mas o aspect ratio do Xoom é melhor para assistir conteúdo HD widescreen.

Navegação com abas

Certo. Não vai ser por isso que você vai comprar o Xoom, mas, para quem já se acostumou com a abertura de dezenas de guias durante a navegação, este pode ser sim um item importante.

Câmeras com mais pixels

Frontal: ambos têm webcams frontais. Mas enquanto o iPad 2 usa uma câmera frontal com qualidade VGA (640 x 480), o Xoom tem uma cam de 2 megapixels.

Traseira: para fotos o Xoom entrega muito mais pixels (5 megapixels, autofoco e flash dual-LED). Esta câmera pode dar saída diretamente para o YouTube, Picasa e Facebook. A Apple não informa sua capacidade e a câmera do iPad 2 não possui flash.

Mesmo assim, vamos ser práticos: você compraria um tablet pensando em uma câmera para fotos? Afinal não é nada sensato sair por aí com um aparelho 10 vezes maior do que uma câmera digital comum.

Sensores extras

O iPad 2 pode ter um acelerômetro, sensor de luz ambiente e giroscópio, mas o Xoom também tem um sensor de proximidade e bússola digital que se integram aos serviços do Google Maps através de um GPS interno.

PONTOS NEGATIVOS

Aplicativos — Mesmo com todos estes atributos, a Motorola ainda está refém de um sistema operacional novo, o Android 3.0, com muito poucos apps à disposição do usuário.

Aplicativos ainda são poucos. Pulse, um agregador de notícias, é um dos mais baixados

Um exemplo bem claro disto foi o lançamento oficial do Xoom no Brasil. Procurando no site da empresa encontrei o anúncio de míseros 4 aplicativos nacionais: Saraiva Digital Reader; Editora Abril; Folha de São Paulo; e Terra TV.

Com certeza esta situação vai mudar nos próximos meses, com a criação de novos apps para o Android 3.x. Enquanto isso não acontece, você deve ter paciência.

Tela — Vendo de frente o que chama a atenção é o seu visual limpo, onde se destaque a sua tela de 10.1 polegadas. Isto seria uma grande vantagem, não fosse pelo fato de o vidro ficar todo marcado.

Botões — O botão liga/desliga/trava fica meio escondido. O botão de volume está mal posicionado, dificultando seu acesso.

Multitarefas — O que deveria ser a grande vantagem do Xoom mostrou-se as vezes deficiente: o travamento ao se abrir muitas apps ao mesmo tempo, especialmente se forem apps para os Androids 2. Ainda assim, ele é muito rápido para se abrir páginas da web.

Textos — Um review feito pela revista PCWorld aponta que o texto na tela do Xoom apresenta um aspecto mais serrilhado, que tanto pode ser uma característica da tela como do sistema Android 3.0. Mas o mais provável é que seja apenas um problema com este produto enviado para os testes.

Som — Ao priorizar a parte frontal, a Motorola decidiu transferir seus alto-falantes para a parte de trás. Isto não ficou bom: o som fica abafado e muitas vezes inaudível.

Mídia — O problema de se criar um produto totalmente novo é que muitos recursos ainda precisam ser testados. É o caso da reprodução de vídeos. Apesar de teoricamente poder rodar quase tudo, algumas vezes o Xoom trava em certos tipos de vídeo.

CONCLUSÃO

A Motorola precisa rever a ergonomia do seu produto, principalmente por estar competindo em um mercado dominado pelo iPad 2 e por ter um preço semelhante ao tablet da Apple.

Por tudo isso, eu apostaria em um novo Xoom, ainda para este ano. Isso não significa que eu ache este tablet um produto ruim, mas apenas que ele pode receber algumas melhorias.

Mesmo assim, se você quer um tablet potente, com uma tela de maior definição para vídeos e games e não quer ficar preso aos apps da Apple e a censura que ela impõe sobre alguns aplicativos[*], o Xoom poderá vir a ser a sua escolha.

[*] A Apple decide o que pode ou o que não pode fazer parte da sua loja de aplicativos. Foi o caso de uma app que permitia aos usuários visualizar o conteúdo do WikiLeaks e retirada do ar. Este mesmo aplicativo está disponível na loja do Android, gratuitamente.

Segundo um artigo do site IDG Now, o analista em investimentos em tecnologia da empresa Pacific Crest, James Faucette, a comercialização do Xoom estaria bem abaixo do esperado. Mas é preciso cautela sobre este tipo de informação, não oficial, já que a empresa ainda não divulgou nenhum dado a respeito.

Bem, realmente as previsões pessimistas de alguns analistas não estão se confirmando. As vendas do Xoom alcançaram 250 mil unidades nos primeiros dois meses de comercialização. Se for comparado às vendas do iPad 2 (1,5 milhão de tablets em 30 dias) é pouco, mas, como um produto novo, estes números estão até acima do esperado (analistas previam a venda de no máximo 220 mil unidades).

Lojas começam a vender o Xoom no Brasil

O Xoom finalmente está chegando às lojas brasileiras (veja o artigo).

Americanas e Fnac começam a vender o Xoom (32GB/Hi-Fi) a partir dos dias 26 e 29 de abril respectivamente, com um preço fixado em R$ 1.899,00. A Fast Shop já anunciou um preço menor: R$ 1.706,00.

Por outro lado, um review feito pela revista PCWorld aponta que o texto na tela do Xoom apresenta um aspecto mais serrilhado, que tanto pode ser das características da tela como do sistema Android 3.0.

Comparativo Xoom x iPad 2

Motorola XoomApple iPad 2 Wi-Fi
Tela
Resolução
10.1”  (1280 x 800 pixels)
132 pixels p/polegada
9.7” (1024 x 768 pixels)
150 pixels p/polegada
Peso730 g601 g
Dimensões249.1 mm x 167.8 mm x 12.9 mm241.2 mm x 185.7 mm x 8.8 mm
Duração
da bateria
10 horas10 horas
Wi-FiWi-Fi (802.11a/b/g/n)Wi-Fi (802.11a/b/g/n)
BrowserAndroid browserSafari browser
Câmera
Frontal
2 megapixel web camVGA (640 x 480)
Câmera
Traseira
Fotos: 5 megapixel
Vídeo: 720p / 30 quadros/p.seg.

Vídeo: 720p / 30 quadros/p.seg.
Cartão SDSim, ainda inativada
(até 32GB)
Sem SD
Sistema
Operacional
Android 3.0iOS 4.3
Processador1 GHz dual core Nvidia Tegra 21 GHz dual core Apple A5
Memória1 GB RAM1 GB RAM
Armazenamento
interno SSD
32 GB16 GB, 32 GB, ou 64 GB
SensoresAcelerômetro, sensor de luz ambiente,
giroscópio, barômetro,
sensor de proximidade, bússola digital
Acelerômetro, sensor de luz ambiente,
giroscópio
SoftwaresAplicativos GoogleiWorks, disponível para compra
AplicativosAndroid MarketApple App Store

J Paz Filho

J Paz Filho

Jornalista (PUC) /// Designer (Unisinos) /// Geek /// Produtor de conteúdo editorial ///Websites e e-commerce /// Editor de jornais e revistas
J Paz Filho